Em clínicas de home care, a tecnologia é ainda mais essencial para garantir a comunicação remota e preservar dados dos pacientes

Uma unidade de saúde é normalmente constituída por sala de espera, consultórios, cozinha, escritórios, farmácia, sanitários e sala de vacinas, entre outros ambientes. Neles, circulam profissionais de todo o tipo, que vão desde os recepcionistas aos especialistas de saúde. Além, é claro, dos pacientes que são atendidos naquele local.

Em home care e empresas de atenção de saúde domiciliar, há ainda outro fator: o gestor precisa se comunicar com profissionais que não se encontram na unidade. Nestes espaços, a comunicação é o ponto-chave para que o bom funcionamento seja garantido. Mas isso nem sempre acontece.

Geralmente, a comunicação interna em unidades de saúde, tanto as pequenas quanto as grandes, se dá por meio de informes, registrados em papel, que se encontram nos quadros de avisos. Na correria do cotidiano, essas publicações acabam passando despercebidas pelo público que circula naquele local.

Existe um desafio comunicação entre médico e paciente, uma vez que os profissionais de saúde dependem da organização de papéis para manter as informações dos pacientes seguras. Nas empresas de home care, a comunicação fica ainda mais debilitada, pois nem sempre os profissionais estão no mesmo local, o que impede o diálogo cara a cara.

Neste contexto, a tecnologia aparece, mais uma vez, como uma possibilidade para resolução de problemas. Ela é responsável por melhorar a conectividade entre os diferentes profissionais que atuam em uma unidade de saúde.

Com a tecnologia correta, é possível também otimizar o fluxo de informações. Dessa forma, com o uso de softwares e aplicativos, a informação pode ser melhor distribuída e de forma instantânea.

Em clínicas, empresas de home care, hospitais e consultórios, a tecnologia tem papel essencial para garantir a comunicação remota entre profissionais e preservar dados dos pacientes

O investimento em softwares que permitem o registro de informações gerais sobre a unidade de saúde em tempo real apresenta uma série de benefícios. Por meio do uso deste tipo de tecnologia, o gestor é capaz de coordenar funcionários, organizar o estoque de medicamentos e ter informações sobre as finanças da unidade. Para os profissionais de saúde, a escolha correta do software médico permite que os dados dos pacientes sejam acompanhados, o que humaniza o atendimento e evita falhas na comunicação.

As plataformas oferecidas pela MedYes aparecem, hoje, como boas ferramentas para descomplicar a vida de gestores, profissionais de saúde e pacientes. Tanto a plataforma MedYes quanto o sistema CareYes, voltado para empresas de home care, são capazes de melhorar a comunicação, o que é essencial para o funcionamento bem-sucedido dos sistemas de saúde.

Acompanhe nosso blog e fique por dentro das novidades!

Leave a Reply